sexta-feira, 19 de março de 2010

Pode dizer, Cláudia!




Não sou muito apegado ao Orkut – acho um absurdo você perder seu dia todo e ficar expondo fatos particulares de sua vida – mas gosto de andar nas comunidades especializadas em disco de vinil e música de um modo geral. E sempre freqüento a comunidade “Disco é Cultura”, do meu amigão Huguinhu K., grande comunicador das terras gaudérias e administrador do blog “Outras Bossas”.
Recentemente, abri um tópico na comunidade chamado “O Lado B da MPB”, onde apresentamos músicos, cantores e cantoras que foram esquecidos na MPB. E a lista é imensa: se formos computar aqui, vários são os artistas que foram injustiçados ou simplesmente esquecidos. O engraçado é que alguns deles ainda hoje são revividos numa gravação ou outra, mas muita gente não sabe e acaba confundindo com algum artista mais conhecido – embora nada tenha a ver.
Óbvio que são muitos os nomes, mas um que me chamou a atenção e me fez criar este post foi a postagem, por parte do amigão Evilásio – grande fã de Bob Dylan -, do álbum “Pássaro Emigrante”, da excepcional cantora Cláudia, gravado em 1979 e lançado pela Epic/CBS. A história de Cláudia é bem esquecida na história da MPB e há motivos para isso. Ela foi detonada por nada mais, nada menos que Elis Regina. E por pura inveja ou ciúme profissional, acreditem.
Sim... pra quem não sabe, adoro a Elis, considero também como a maior cantora que este país teve e tal... mas pra mim, há outras bem melhores que ela. Só pra citar, colocaria a Elizeth Cardoso, a Gal Costa, a Maria Bethânia, a Maria Creuza, a Clara Nunes e, claro, a Diana Pequeno. Entretanto, a Elis tinha uma personalidade difícil, pra não dizer impossível. E detonou (no sentido perjorativo) várias carreiras, fosse por inveja ou ciúme. A de Cláudia foi a mais notória. Pior, criou um boato terrível de esta imitava a Pimentinha. Nada a ver.
Claro que muitos devem se perguntar “quem diabos é esta Cláudia”. Recentemente, uma das músicas que ela gravou que obteve maior sucesso – “Deixa Eu Dizer”, de Ivan Lins e Ronaldo Monteiro de Souza – foi sampleada pelo Marcelo D2. Já ouviu a nova música dele, que aparece uma mulher cantando “deixa, deixa, deixa eu dizer, o que penso desta vida, preciso demais desabafar”? Pois é, aquela é a Cláudia. Alguma coisa a ver com a Elis? Nada.
O que me faz refletir neste post é o fato de que a Cláudia fez um trabalho muito bom – os discos dela são até hoje valorizados, chegando a alcançar o valor de 200 reais no Mercado Livre -, pautado no Soul Music e no Samba-Rock. Algo extremamente original e bem focado, rico e bem produzido. Mas “Eliscóptero”, na sua devida preocupação de querer ser a única “estrela” do cast da Record, simplesmente evitou a contratação de Cláudia depois que esta abafou numa apresentação do Fino da Bossa. Temendo perder o seu cômodo posto de diva, Elis e seu empresário Marcos Lázaro pressionaram os Machado de Carvalho, que acabaram não contratando a jovem Cláudia. Relegada a segundo plano, apresentou-se no BO 65 da TV Tupi e, depois, virou uma itinerante, vagando por outras emissoras em apresentações esporádicas e fazendo algum sucesso pelo Brasil ao longo da década de 70. E depois desapareceu.
Assim como a Cláudia, outras cantoras desta época foram esquecidas injustamente. Caso da Claudette Soares, da Célia, da Maria Odete, da Marília Medalha, da Flora Purim... poderíamos ter uma geração muito mais ampla do que conhecemos hoje. Uma pena que, por uma questão de puro ciúme, deixou de valorizar uma artista fantástica e rica, que hoje poderia dividir, numa boa, o posto de “diva” da MPB.
Não tenho o costume de deixar músicas para a galera, mas faço questão deixar este link para a gravação de “Deixa Eu Dizer”. Escutem e conheçam um pouco mais desta injustiçada cantora, que tem uma voz soberba e um talento fora do comum. Com vocês, Cláudia!


http://www.4shared.com/file/62663265/6e12a4ef/Cludia_-_Deixa_Eu_Dizer.html?s=1

28 comentários:

  1. grande lembrança, amigo poeta!

    cheers! :)

    ResponderExcluir
  2. Mandou muuuuito bem nesse post,Raimundo!
    Adoro a Claudinha! E a voz dela não parece com a da Elis.
    Q confusão, né?


    um abraço,
    Manu

    ResponderExcluir
  3. poucas pessoas sabem o que realmente aconteceu com a acantora claudya na época.
    claudya foi convidada pela dupla mieli e boscoli
    para fazer um espetáculo escrito e dirigido por êles com o título; quem tem medo de elis regina.
    claro que a cantora não aceitou fazendo com que eles mudassem o título do show. elis ficou sabendo do acontecido e questionou claudya em público em cadeia nacional. perguntando se claudya tinha medo dela. a cantora foi delirantemente vaiada e achincalhada pelo fan clube da pimenta, todas as portas se fecharam prá ela, ficou sem emprêgo, sem chão, era arrimo de família e passaram por muitas dificuldades finanaceiras por causa dessa irresponsabilidade vinda dessa dupla.E mais incrível é que depois ela se casou com o Ronaldo que coisa estranha.

    ResponderExcluir
  4. Que bom que ainda se encontra nesse mundo pessoas competentes como êsse professor capaz de postar êsse álbum maravilhoso dessa cantora fantástica que é Claudya e que sempre teve as portas fechadas para os 20 discos que gravou e que não ficaram conhecidos pelo grande público.
    A nova geração só ficou sabendo da existência da cantora por causa da sensibilidade de Marcelo D2
    que resgatou de uma certa forma o trabalho dela
    que é muito extenso, eu falo porque conviví com

    ResponderExcluir
  5. Acantora desde o início da carreira e sei o que a mídia marron fêz com ela uma crueldade porque a menina tinha apenas dezessete anos.Vinda de uma cidade do interior de Minas.A menina sempre teve muito talento e isso incomodou bastante. Elis tinha que ser a maior cantora imposição da mídia na época. Não dava espaço prá ninguém. só ela gravou os melhores.

    ResponderExcluir
  6. No início dos anos 60 ainda não se falava em jabá ou seja pagar para tocar nas rádios. Uma ou outra empresa assim o fazia. Nenhuma empresa investiu na cantora a ponto de pagar para tocar seus discos,o sucesso aconteceu espontâneamente porque ela tem talento e caiu no agrado dos programadores de rádio a cantora e a música.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo continuando.
    O qeu precisa acabar nesse país que não existe em lugar nenhum é Melhor cantora, O rei, afinal a monarquia há muito à seculos não existe mais.
    Todos precisam de espaço para mostrar o trabalho.
    É´preciso acabar com os monopólios nas emissoras de rádio e televisão é por isso que a internet vem ganhando porque dá oportunidade a todos.

    ResponderExcluir
  8. Fernando de Castro4 de dezembro de 2010 04:40

    As regravações da cantora, superaram as originais
    caso da música Jesusu Cristo que de uma certa fo-ma foi imposta pela gravadora para que fosse gra=
    vada. Roberto Carlos não gostou do enorme sucesso da cantora, não autorizou Quem autorizou foi o Erasmo que como co-autor tinha poderes prá isso. Brigou feio com o parceiro. Ninguém pode superar o Rei. Rei de que?

    ResponderExcluir
  9. Fernando de Castro4 de dezembro de 2010 04:51

    Fernando de Castro continuando.
    Peço desculpas por alguns êrros na digitação, quando vi já havia postado.
    Sou fan dessa que é uma das maiores cantoras do mundo sim porque canta tudo muito bem seu repertório é amplo cantando também musica internacional em inglês, castelhano, italiano etc
    é uma glória que ela seja brasileira.

    ResponderExcluir
  10. Lucila Carvalho.
    Realmente concordo com o que foi dito por Fernando. Claudya é sem dúvida alguma uma grande cantora que venceu cêrca de 5 festivais nacionais e internacionais e isso nem foi muito divulgado na mídia. Infelizmente aqui não é como Os estados Unidos ou Europa onde os cantores teem que cantar bem. Aqui é proibido ter voz.

    ResponderExcluir
  11. continuação Lucila.
    é preciso não esconder os grandes valores brasileiros e sim presentear o público com grandes vozes, grandes maestros e músicos que temos de sobra, porque é um país sumamente musical.É necessário se fazer uma reformulação geral na tv que está defasada, mostrando o que
    se mostrava a 50 anos atrás. A não renovação é uma estagnação. É preciso que a nossa emoção sobreviva para que os meios de comunicação também sobrevivam.É necessário que a arte não morra, É PRECISO URGENTEMENTE que as tvs e rádios não sejam sòmente vistas como um negócio, onde as pessoas que teem a concessão só ganhem numa ganância intragável, intolerável.é preciso que o povo tenha acesso a grandes obras, porque
    é através das boas obras que adquirirão cultura.
    País sem arte é um país sem cultura.
    O que hoje se vê na tv é ultrajante, ignóbil, aviltante, desconcertante, violento e ignorante.
    No país mais musical do mundo não se ouve música.
    Música.

    ResponderExcluir
  12. Sou do fan clube da Claudya e sei o que essa mulher se dedica inteiramente à música 24 horas por dia. Quando levanta senta-se ao piano e toca
    treina, durante práticamente toda a manhã,depois
    do almôço canta com seus discos para não perder a tecnica, porque nem sempre trabalha e é necessário estar sempre em forma. Cantar não é simples é necessário fazer escalas,vocalizações exercícios vocais, respiração etc.´Treina também com cantoras internacionais como:Barbra streisand ,Natalie Cole, Ela Fitzgerald, Sarah e outras importantes e famosas.Treina mentalmente todas as letras de músicas, brasileiras e internacionais, vai recomeçar nas aulas de dança, para aumentar o fõlego e porque exercitar o corpo é fundamental para uma vida mais longa e feliz.É uma pessoa bastante ativa na vida profissional leva a carreira muito a sério, não bebendo ou fumando, coisas prejudiciais ao bom desempenho do trabalho, enfim é uma escreva de sua carreira. Sacrifícios teem que ser feitos mas conserva sua voz, brilhante e aguda até hoje, com grande potencial aos 62 anos.

    ResponderExcluir
  13. Marcela continuando.
    Quem quiser conhecer um pouco mais o trabalho de Claudya acessem.
    www.myspace.com/claudyadeoliveira
    claudya2010.blogspot.com
    no youtube- cantora claudya não chores por mim Argentina- claudya cantora

    ResponderExcluir
  14. Dora martins
    Lembro-me bem quando Claudya me telefonou perguntando se deveria fazer o Fantástico com a canção de Chico Buarque gravada por Simone, proibida pelo regime militar, chamada sem govêr-no. Lembro-me ainda que ela estava preocupada, porque do outro lado Raimundo Bittencourt, insistia para que ela o fizesse. O programa seria gravado na preia com estudantes,bomba de lacrimogêneo e outros que tais e Claudya se amedrontou com tudo isso resolvendo não gravar.
    Apenas Raimundo disse a cantora que se não gravasse não poria mais os pés na tv Globo e como represália por não ter feito, nunca mais foi convidada a fazer nada na emissora foi excluída ou banida definitivamente. Como é possível acontecer uma coisa dessas, com uma artista brasileira que precisa de espaço para mostar o trabalho com direitos de ir e vir de fazer as escolhas. É inacreditável.
    A emissora manda e desmanda faz o que quer, elege presidente em suma é um país,mas parece que muita coisa vem mudando, com o advento da internet. Vem perdendo audiência, porque fechou suas portas para grandes talentos, monopolizou. excluiu. e enquanto não mudar sua atitude para uma situação mais democrática há de agonizar até morrer.

    ResponderExcluir
  15. Vou fazer um relato incrível.
    Estava acompanhando a cantora, que faria uma apresentação no especial de fim de ano do cantor
    Roberto Carlos, a pedido dêle.
    A cantora começou a ensaiar a música "Como 2 e 2 são cinco" gravada por ela e anteriormente por Roberto. O arranjo ganhou uma roupagem jazzistica
    e uma interpretação muito diferente com a cantora que fêz realmente muito sucesso sendo comentasíssima na época e muito executada nas rádios, talvez mais que a do cantor.
    Derepente o maestro Eduardo Lages amigo de muitos anos da cantora pediu a ela que cantasse menos que êle ela retrucou dizendo que não sabia cantar daquela forma, que cantaria do jeito que sempre cantou.A cantora estáva grávida de sua filha Graziela,de 7 meses. Foi e voltou no mesmo dia por ter show em São Paulo.Eduardo havia explicado a cantora que o número poderia ser cortado da programação, se ofuscasse a apresentação de Roberto.
    Conclusão: A chamada foi feita com Claudya mas na hora do programa, o número realmente foi cortada para a grande tristeza da cantora, que fêz o maior sacrifício para estar no programa de uma pessoa que ela admirava, mas diante disso passou a não admirá-lo e a vê-lo com outros olhos. Infelizmente essas coisas acontecem aqui, a falta de respeito é uma coisa deplorável.

    ResponderExcluir
  16. continuando anônimo
    A cantora fêz um grande sucesso com a música "Jesus Cristo" e idealizou um arranjo bastante diferente, valorizando enormemente a canção, a ponto de tocar em todas as rádios ao mesmo tempo. Durante muito tempo ficou conhecida como Claudya Jesus Cristo, foi um arraso.
    O cantor fêz um programa só com cantoras e não teve a decência de convidar a artista que mais
    fez sucesso com uma obra de sua autoria, que mais valorizou com sua interpretação a canção composta por êle

    ResponderExcluir
  17. Claudya não fêz o show chamado "Quem tem medo de Elis Regina, como todo o mundo pensa.A cantora recusou a proposta feita pela dupla Miele e Boscoli para fazer o pocket show na boite ruy bar bossa no Rio de Janeiro. Foi questionada no programa O fino da bossa pela própria Elis quando a cantora perguntou se ia mesmo fazer o show com êsse nome, respondendo que não, que não havia motivos para fazer semelhante coisa. Que apenas queria fazer o seu trabalho mais nada e questionada se tinha medo dela respondeu que não havia motivo para temer alguém que admirava. Que realmente havia recusado a proposta da dupla.
    No dia seguinte toda a mídia brasileira acusava Claudya que foi vaiada por todo o teatro Record de pé durante uns 5 minutos. A menina tremia, mas com muita coragem alí ficou esperando que as vaias cessassem para que pudesse cantar. Não entendia o que estava acontecendo não havia o que temer porque nada havia feito. Estava alí sòzinha como uma criança desamparada tinha apenas 17 anos.A máquina cruel massacrou uma criança que estava começando a engatinhar, dar os primeiros passos. Não conseguiu andar porque seus vilões não deixaram. A idéia era parecer que Claudya era culpada sendo que a menina era inocente é inocente. Até hoje ouço falar nessa história, até hoje as pessoas perguntam, porque um episódio desses não é para esquecer.O nome do real show é Claudya não se aprende na Escola.

    ResponderExcluir
  18. Meu deus como é possível.Que coisa horrível, que falta de humanidade para com a cantora só porque tem muito talento numa terra em que não é necessário tê-lo.Qualquer um acha que canta, que representa ou dança.As pessoas estão muito longe da realidade e perto da sacanagem.

    ResponderExcluir
  19. O espetáculo Evita vai estrear em março sem a Claudya.Quando se fala em Evita imediatamente se pensa na Claudya que fêz magistralmente o papel sendo considerada pelos produtores Stigwood e Land a melhor do mundo. O produtor Jorge Takla nem sequer conversou com a cantora que está aí cantando muito, talvez até melhor,com muito mais experiência,bonita, com uma aparência jovem.Com certeza êle vai colocar uma dessas meninas de musicais, inexpressivas sem a fôrça que o papel
    exige, sem a voz pungente que é nedessária para a interpretação.É realmente uma pena que a nova geração não veja com essa que é uma das maiores cantoras do mundo eleita pela imprensa italiana no ano de 1997 como uma das 3 melhores do mundo junto com Barbra Streisand e Sarah Vaughan. Seria um sucesso retumbante e poderia ficar por muito tempo em cartaz, mas volto a repetir estamos no Brasil, num país onde não se valoriza a arte, os produtores não teem o conhecimento profundo da matéria até porque Claudya fêz o maior sucesso com o espetáculo um momento histórico sem dúvida alguma. Teriam que fazer uma grande homenagem a cantora no mínimo.Vamos torcer para que a cantora que êle escolheu dê conta porque o espetáculo é muito difícil.Trabalhei com Claudya na montagem carioca

    ResponderExcluir
  20. Estamos sem referência, as pessoas que aí estão na mídia são fracas, não teem a garra e o talento
    para se imporem. A mídia por sua vez não mostra nada de bom para as pessoas que estão carentes de bons programas, bons cantores de alguma coisa realmente que valha a pena.Os jovens estão buscando no fundo do baú, as belas músicas esquecidas, os talentos maravilhosos também esquecidos, os vinís que tanto sucesso fizeram e que ainda fazem porque não tem nada de bom acontecendo no cenário artístico. Apenas a vulgaridade, música para pular brasileira, com cantoras que precisam suar literalmente a camisa e fazer com que os outros suem bastante num eterno carnaval, música para fazer esquecer que temos grandes problemas políticos e sociais.Uma cantora hoje que seria a grande referência é a Claudya por ter talento, história,garra e uma belíssima voz. Uma verdadeira aula de canto para pessoas que estão precisando aprender a cantar.

    ResponderExcluir
  21. A verdade é que Claudya tem alguns inimigos muito fortes, como o jornalista Mauro Ferreira que insiste em desmerecer o trabalho da cantora, conotando-a como cafona, sem personalidade, sem vocação para o trabalho que exerce etc. Coisas incríveis, para um profissional que se diz conhecedor. A verdade é que êle e seus amigos não conhecem absolutamente nada de música nem tecnica vocal, nem estilo, tecitura vocal.Falam coisas abomináveis como: Comparação entre cantoras brasileiras e americanas, comparações entre cantoras brasileiras de diferentes estilos e tecituras vocais,como por exemplo Gal Costa e Maria Betânia essa última um contralto, voz grave
    Gal uma voz aguda sem densidade ou seja sem corpo isso não significa que não cante bem, mas apenas para esclarecimento tecnico.Cada cantora tem uma voz e um estilo de cantar. Por exemplo Claudya é uma cantora muito versátil cantando bem tudo que lhe chega as mãos, porque atuou durante muito tempo como crooner de orquestrta conjunto desde muito criança, pelo que estou sabendo lendo o seu release. Não se deve comparar
    porque cada um é cada um. O idioma inglês é aberto, propiciando assim um resultado vocal dos melhores em função da sonoridade. É muito difícil cantar em português porque nosso idioma é fechado os letristas modernos para facilitarem a emissão fazem letras com a fonética aberta como
    amar, brilar virá o que facilita o som das palavras. Muitas são as implicações do canto falo porque sou professora de canto e disso eu entendo bastante. Claudya infelizmente não pôde gravar tudo que desejava, porque não teve chance.As gravadoras impunham um repertório
    que êles conotavam como comercial. Gravou também
    compositores extraordinários como:Chico Buarque, Marcos e Paulo Sergio Valle, Taiguara, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Roberto Carlos, Ivan Lins E outros.Acho que êles estão equivocados, claro que fêz concessões algumas mas quem não as fez?
    Ou êles odeiam a cantora por um motivo pessoal, ou são pagos para falarem mal ou precisam colocar a culpa em alguém por ela não estar aí.
    Não é ela a culpada é o sistema, que não aceita pessoas abalizadas competentes cantando bem.é êsse o problema.

    ResponderExcluir
  22. Finalmente meu Deus a cantora depois de 12 anos entra no estúdio para gravar um disco, com músicas de Caetano Veloso. Será o lado b do grande autor com músicas belíssimas algumas em parceria com Milton Nascimento.
    Que maravilha o Brasil precisa de trabalhos
    assim de qualidade que o grande Zé Pedro dono da gravadora Jóia Moderna vem focando. em trabalhos com cantoras que estão fora da mídia.

    ResponderExcluir
  23. Fui ver o espetáculo Evita na versão de Jorge Takla.Muito bonito, mas completamente diferente da montagem londrina que eu prefiro. Não vi os cenários grandiosos, o guarda-roupa extraordiná-
    rio, a iluminação explêndida da montagem no Rio de Janeiro, mas o que mais me incomodou foi não ver a Claudya no papel principal, não sòmente eu mas todos os atores e atrizes presentes comenta-
    vam a mesma coisa.A moça que faz o papel canta muito bem, mas não tem a fôrça interpretativa que o papel exige. A voz é por demais aguda sem
    corpo.É ainda de estatura muito pequena, sendo que Eva era uma mulher alta.Deixou a desejar, quem rouba a cena é o cantor Fred Silveira que faz o Che Guevara e Daniel Boaventura se sai bem
    no papel de Peron.As vozes do cõro são muito boas e a projeção fica como cenário do espetáculo, mas imperdoável mesmo é não terem chamado a Claudya e não terem mencionado a presença da cantora embora a tivessem convidado.
    Infelizmente essa moça não chega aos pés de Claudya que deu emoção ao personagem fazendo com que as pessoas até hoje se emocionem com sua interpretação. Claudya é Evita e não tem prá ninguém o papel é e sempre será dela.

    ResponderExcluir
  24. Já existe a prova de que Claudya não fêz o show Quem tem medo de Elis.Foi feita uma pesquisa e o jornalista constatou através de um jornal da época com o nome real do show Claudya não se aprende na escola. Esta prova será mostrada brevemente.

    ResponderExcluir
  25. Luís do Nascimento5 de abril de 2011 07:39

    A mídia brasileira tem uma dívida muito grande com essa grande cantora que só será sanada quando
    ela estiver aí incluída entre os grandes nomes da música popular, quando tiver o seu nome na enciclopédia da música brasileira, o qual não consta em nenhum verbete.

    ResponderExcluir
  26. A cantora gravou um cd brilhante em 2001, trabalho êsse gravado em Belo Horizonte com músicos extraordinários como por exemplo Juarez Moreira que assina todos os arranjos e outros como nenê baterista,enfim o disco foi lançado na Europa Itália,Finlândia e Portugal com músicas do Heiki Sarmanto o maior compositor da Finlândia e Fernando poeta mineiro parceiro do grande Milton Nascimento,pois bem o Claudya já tinha assinado contrato para lançamento no Brasil
    Quando um empresário famoso interviu e disse que desconsiderasse o tal contrato que êle poderia arrumar uma gravadora mais signigicativa.
    Conclusão o produtor desconsiderou e o que aconteceu,êsse empresário nunca mais atendeu a nemhum telefonema nem do produtor nem de ninguém
    mais atrapalhando assim o lançamento de uma pérola que está aí sem previsão de lançamento em lugar nenhum que coisa execrável,repugnante,não tenho palavras para exprimir é realmente um crápula.O nome dele é Manoel Poladian.

    ResponderExcluir
  27. Não entendi você dizer que concorda com a posição da Elis ser a melhor cantora,pra depois dizer que existe outras muito melhor.explique-se.

    ResponderExcluir
  28. Pô, cada dia mais eu conheço artistas esquecidos e desprezados da nossa mpb, começou com guilherme lamounier, depois a fase psicodélica do ronnie von, sérgio sampaio, tuca e agora cláudia. É tão maravilhoso descobrir essas coisas e ao mesmo tempo melancólico por saber que grandes artistas como esse ficaram no limbo da história.

    ResponderExcluir